Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

CRAS
ATIVIDADES PRESENCIAIS SÃO RETOMADAS NO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS/CRAS DE JAGUARUNA

Publicado em 18/10/2021 às 09:59 - Atualizado em 18/10/2021 às 10:06

Após mais de um ano suspenso por causa da pandemia, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos retomou suas ações de maneira gradativa de acordo com a Portaria n° 69 de 16 de agosto de 2021 do Estado.

 

As atividades presenciais em grupos estão sendo adaptadas de acordo com as normas para prevenção à Covid-19. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), oferecido pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Jaguaruna, retomou as ações no início deste mês de maneira gradativa. 

 

O Plano de Retomada do retorno gradativo das atividades foi criado pela equipe técnica da Proteção Social Básica, vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social. Fazem parte desse grupo a equipe técnica (Psicóloga e Assistente Social), as orientadoras sociais, dentre outros.  

 

A psicóloga da equipe técnica responsável pelo Plano, Milena De Pieri Bez Fontana, destaca que a redução dos níveis de risco de contaminação em Jaguaruna garantiu a retomada das atividades coletivas presenciais. "O documento possui caráter orientativo e traz diretrizes para dar norte ao retorno da oferta presencial do SCFV", explica.

 

O SCFV é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias e realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI).

De acordo com a coordenação da Proteção Social Básica (PSB), as medidas sanitárias estão sendo implantadas justamente para combater a possível contaminação de usuários e trabalhadores pela Covid-19. "O retorno presencial do SCFV é de extrema importância. Nosso principal objetivo é fortalecer os vínculos sociais e comunitários com atenção às questões de vulnerabilidades".

 

Para a Secretária Municipal de Assistência Social, Fernanda de Borba Coelho Costa, as políticas públicas da pasta não foram interrompidas durante a pandemia, um exemplo foi manter o SCFV de maneira remota. "Para quem não tem acesso à internet, que são na sua minoria, nossa equipe foi até os usuários e levaram acolhimento e atividades sócioeducativas. Nesse momento é hora de retomarmos os atendimentos coletivos de forma gradativa, até que tudo volte à normalidade com o avanço da vacinação e da queda dos números da Covid-19 em Jaguaruna", revela.